Newsletter

Receba as novidades do Cruzeiro em primeira mão!

Notícias em destaque

25 out 2021

Notícias

Com boas apresentações sob o comando de Abel, Edilson afirma estar bem preparado para o difícil compromisso em Curitiba
Brasileirão

Com boas apresentações sob o comando de Abel, Edilson afirma estar bem preparado para o difícil compromisso em Curitiba 

O elenco celeste voltou aos treinos na manhã desta terça-feira, na Toca da Raposa 2. É o último treino da equipe antes da partida desta quarta-feira, contra o Athlético-PR, às 21h30, na Arena da Baixada em Curitiba, em jogo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Abel Braga não divulga a escalação antes da hora, mas devido a suspensão do lateral direito Orejuela, Edilson pode ter nova chance entre os titulares do Cruzeiro neste importante compromisso. O jogador não confirmou, mas afirmou que ele e seus companheiros estão devidamente preparados para o duelo na capital paranaense.

“Em campo vão estar o Cruzeiro e o Athlético-PR, nem eu sei a escalação, acho que independente de quem o Abel Braga escolha estão todos preparados para entrar e fazer o melhor contra um adversário difícil”, disse o lateral.

“São oito jogos que a gente não perde e isso é importantíssimo para enfrentar uma equipe bem estruturada como é a do Athlético-PR, que vem jogando muito bem essa temporada, e já se sagrou campeão da Copa do Brasil, mas viemos numa crescente e com totais condições de chegar lá e fazer um grande jogo e com isso conseguir a vitória”, complementou sobre o atual momento da equipe celeste.

Perguntado sobre a sua performance na temporada, Edilson fez um resumo. O lateral relembrou a conquista e o seu bom desempenho no primeiro semestre, as lesões que o atrapalharam e o resgate do seu bom futebol com a chegada do técnico Abel Braga.

“O primeiro semestre foi muito bom para mim e para o Cruzeiro. A gente acabou sendo campeão mineiro invicto e acabamos nos classificando para a fase final da Libertadores, perdendo apenas um jogo, estávamos prestes a fazer uma das melhores campanhas da competição, e depois disso acabei tendo uma lesão, em seguida outra lesão, então foi muito complicado porque não conseguia conquistar o ritmo necessário para disputar de igual para igual uma vaga de titular da equipe. Com a chegada do Abel, tive oportunidade de jogar três jogos em sequência com a convocação do Orejuela, e já percebi um crescimento no meu futebol, até mesmo na condição física e com certeza hoje estou muito melhor preparado para disputar a posição. Estou bem nessa reta final, e pronto para ajudar o Cruzeiro”, finalizou.

Fonte: Cruzeiro

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *